sexta-feira, 18 de junho de 2010

Uma parceria contra o incêndio

Com recursos da Águas de Joinville, o Corpo de Bombeiros fará monitoramentos dos hidrantes da cidade
Foto: www.dohler.com.br
Companhia Águas de Joinville e Corpo de Bombeiros Voluntários firmaram parceria para manutenção dos hidrantes urbanos. A ação ajudará no combate a incêndios e, consequentemente, a segurança da cidade. A Companhia repassará recursos ao Corpo de Bombeiros que fará vistorias mensalmente e manutenções preventivas nos hidrantes de toda a cidade.

Os hidrantes são equipamentos de uso exclusivo do Corpo de Bombeiros e, graças a eles, o combate a incêndios pode ser feito com mais agilidade. Para que haja maiores chances de sucesso nas ações contra o fogo, é necessário que os equipamentos estejam bem cuidados. Por isso, os bombeiros farão a vistoria de todos os hidrantes: pintura, limpeza e testes de funcionamento. Nos locais onde houver a necessidade de instalação ou remanejamento, a Companhia será comunicada e realizará o serviço.

A Águas de Joinville acompanhará e dará suporte ao desenvolvimento das atividades. Será de sua responsabilidade o cuidado com o passeio público onde for instalado ou remanejado o hidrante, além de se responsabilizar pela troca de peças e equipamentos defeituosos.

A parceria visa à melhoria dos serviços de combate a incêndios. Em Joinville, muitos hidrantes têm sido danificados devido à retirada de água irregular. O equipamento deve ser usado apenas pelos bombeiros. O comandante operacional do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville, Heitor Ribeiro Filho, explica que em muitas situações, a brigada se depara com hidrantes danificados, o que prejudica o serviço contra o fogo. “Algumas vezes temos complicações na hora da captação de água, o que diminui nossas chances de sucesso”, lamenta.

A Companhia Águas de Joinville lançou uma campanha para que a população denuncie o uso não autorizado. Empresas que precisarem captar água dos hidrantes deverão ser cadastradas junto a central de atendimento da rua XV de Novembro, no centro, e retirar em local específico indicado pela Companhia. Os equipamentos de rua são de uso exclusivo do Corpo de Bombeiros. Qualquer situação irregular deve ser denunciada pelo telefone 0800 723 0300.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

JOINVILLE DÁ MAIS UM PASSO PARA AMPLIAR O ESGOTAMENTO SANITÁRIO

Companhia e Prefeitura transformam o Vila Nova em canteiro de obras

Nas ruas 1583, Márcio Luckow e Marquês de Maricá, as obras não param. A Companhia Águas de Joinville está com três frentes de trabalho na instalação da rede coletora de esgoto do Vila Nova. Com a conclusão da obra, mais de 25 mil pessoas terão acesso a esgotamento sanitário tratado. Os dejetos serão levados pelo sistema de esgoto até a futura estação de tratamento que será construída no bairro.

A Companhia e a Prefeitura Municipal buscaram financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para execução do serviço. A obra está orçada em mais de R$ 18 milhões.






segunda-feira, 7 de junho de 2010

Meio Ambiente

video

terça-feira, 1 de junho de 2010

NPGA DISSEMINA CONSCIENTIZAÇÃO NO PROFIPO

Núcleo de Planejamento e Gestão Ambiental (NPGA) da Companhia participa de evento comunitário na zona Sul

Um dia para promover a saúde e a prevenção de doenças. A unidade de saúde do Profipo e a Associação de Moradores organizaram, no dia 27, um evento para população tirar suas dúvidas e fazer exames médicos. A Companhia Águas de Joinville esteve lá e explicou a importância do saneamento básico e como fazer um bom uso da rede coletora de esgoto. A atividade, que aconteceu na Praça do Profipo, contou com a participação de várias entidades e com a presença de moradores e estudantes da região.

A área de Educação Ambiental da Companhia deu o primeiro passo para o projeto que visa à melhoria nas redes de esgoto. Segundo a assistente social Alessandra Mendes, foi verificado que a região do Profipo tem sérios problemas devido ao mau uso do sistema sanitário. Por esse motivo, o programa para o bom uso da rede começará nesse bairro. A presença da Companhia no evento da semana passada trouxe um relevante retorno para o projeto ambiental. “Foi muito produtivo. Vieram pessoas da comunidade e das escolas próximas”, conta Alessandra. Através de brincadeiras e conversas, jovens e adultos puderam compreender a importância do tratamento do esgoto sanitário e que suas ações ajudam no funcionamento correto da rede.

No evento, a população também pôde fazer aferição da pressão, teste de acuidade visual, além de orientações jurídicas e de saúde. A Sociesc, que participou a convite da Companhia, trouxe um trabalho interessante, ensinando os visitantes como fazer brinquedos e objetos com material reutilizável. A presidente da associação de moradores do Profipo e agente comunitária de saúde, Salvelina Freitas, comenta que essa é a primeira atividade desse tipo feita pelas duas entidades locais.

NPGA DISSEMINA CONSCIENTIZAÇÃO NO PROFIPO


Núcleo de Planejamento e Gestão Ambiental (NPGA) da Companhia participa de evento comunitário na zona Sul


Um dia para promover a saúde e a prevenção de doenças. A unidade de saúde do Profipo e a Associação de Moradores organizaram, no dia 27, um evento para população tirar suas dúvidas e fazer exames médicos. A Companhia Águas de Joinville esteve lá e explicou a importância do saneamento básico e como fazer um bom uso da rede coletora de esgoto. A atividade, que aconteceu na Praça do Profipo, contou com a participação de várias entidades e com a presença de moradores e estudantes da região.

A área de Educação Ambiental da Companhia deu o primeiro passo para o projeto que visa à melhoria nas redes de esgoto. Segundo a assistente social Alessandra Mendes, foi verificado que a região do Profipo tem sérios problemas devido ao mau uso do sistema sanitário. Por esse motivo, o programa para o bom uso da rede começará nesse bairro. A presença da Companhia no evento da semana passada trouxe um relevante retorno para o projeto ambiental. “Foi muito produtivo. Vieram pessoas da comunidade e das escolas próximas”, conta Alessandra. Através de brincadeiras e conversas, jovens e adultos puderam compreender a importância do tratamento do esgoto sanitário e que suas ações ajudam no funcionamento correto da rede.

No evento, a população também pôde fazer aferição da pressão, teste de acuidade visual, além de orientações jurídicas e de saúde. A Sociesc, que participou a convite da Companhia, trouxe um trabalho interessante, ensinando os visitantes como fazer brinquedos e objetos com material reutilizável. A presidente da associação de moradores do Profipo e agente comunitária de saúde, Salvelina Freitas, comenta que essa é a primeira atividade desse tipo feita pelas duas entidades locais.