sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Obra na Rua Copacabana vai melhorar o abastecimento na zona sul

A adutora do Piraí vai levar mais água para os bairros Paranaguamirim e Parque Guarani

Em 2010 foi realizada a primeira fase de instalação da subadutora

A Companhia Águas de Joinville está executando uma série de obras para melhoria na área de abastecimento de água. Dentre elas está a implantação de sistemas de adutoras e subadutoras, como a do Piraí, no bairro Vila Nova.

Com a fase de implantação concluída na BR101, sob o binário do Vila Nova, agora a obra avança sobre a Rua Copacabana, no bairro Floresta. Na via está sendo instalada uma subadutora – uma tubulação que vai interligar o R10, reservatório que se encontra no bairro Nova Brasília, ao R11, reservatório do Profipo. O investimento é da ordem de R$ 2,5 milhões.

A obra beneficiará diretamente os bairros da zona sul Paranaguamirim e Parque Guarani que, hoje, são abastecidos quase totalmente pela ETA Cubatão. A água proveniente da ETA Cubatão atravessa toda a cidade: vem de Pirabeiraba, na região norte da cidade, e é distribuída para 70% da cidade: bairros da região norte, oeste, centro e alguns bairros do sul.

Por isso, quando há excesso no consumo de água em bairros centrais, pode ocorrer desabastecimento nos locais chamados “finais de rede”, em determinados horários. Com a instalação da adutora, essa dependência deve acabar. Os bairros Floresta, Santa Catarina e Itinga serão também beneficiados, pois aumentará o volume disponível de água tratada para esses bairros.

A Companhia Águas de Joinville está instalando uma adutora de 700 milímetros, que aumentará a pressão na rede e melhorará o abastecimento da zona Sul. Hoje a vazão é de 500 litros por segundo, que passará para 550 litros por segundo. Com a implantação da nova adutora, haverá melhoria no sistema de abastecimento dos reservatórios R-alfa, R-0 e R-10.


Redução de gastos com energia elétrica é de 80%
A implantação da nova adutora do Piraí, que está orçada em mais de R$ 17 milhões, trará outro benefício, além do aumento da quantidade de água distribuída: é a economia na conta de energia elétrica, pois as adutoras existentes hoje precisam de uma estação de bombeamento para que a água chegue ao destino. Com o novo duto, o mecanismo formado por um conjunto de motobombas será desativado, uma vez que a nova adutora necessitará apenas da gravidade para levar a água do Piraí até os reservatórios.

A subadutora nem terminou de ser instalada e já reduziu o consumo de energia elétrica em praticamente 80%. “A conta era de R$ 90 mil, e agora está em torno de R$ 20 mil. E a previsão é de diminuir ainda mais”, afirma o engenheiro Michel Bitencourt, coordenador de fiscalização de obras da Águas de Joinville.

Para mais informações, entre em contato com a central 0800 723 0300.

VIAS INTERDITADAS: Pe. Antônio Vieira, XV de Novembro e Anita Garibaldi

Durante o final de semana e nos próximos dias, as vias abaixo terão o trânsito interditado para realização de obras de expansão da rede de distribuição de água e de esgotamento sanitário. Em caso de chuva, os trabalhos serão adiados.

Rua XV de Novembro, entre as Ruas Leopoldo Beninca e BR-101,
01 a 20/12 | das 8h30min às 17 horas 

  • Interdição PARCIAL e temporária.
  
Rua Anita Garibaldi (trecho entre as ruas Max Heiden e Independência)
01 a 09/12 | das 7 às 22 horas 
  • Rua Anita Garibaldi - bloqueio total | desvio pela Rua Ottokar Doerffel;
  • Rua Independência com Max Heiden - acesso proibido para caminhões | desvio pela Rua Concórdia;
  • Rua Anita Garibaldi com Rua Independência (Sentido BR-101) - desvio a esquerda;
  • Rua Anita Garibaldi com Rua Max Heiden - desvio a direita;
  • Rua Anita Garibaldi com Rua Rio Grande do Sul - sentido obrigatório a direitsa para caminhões;
  • Rua Gothard Kaesemodel com Rua Henrique Dias - bloqueio total sentido Rua Max Heiden (liberado somente trânsito local);
  • Rua Anita Garibaldi com Rua São Roque - liberado apenas trânsito local.   


Rua Padre Antônio Vieira (prox rotatória do Binário do Iririú)
01, 08, 15(sábados) e 16/12 (domingo) | das 7 às 22 horas
Rua Padre Antônio Vieira com Rua Dona Francisca (rotatória), trânsito bloqueado no sentido Rua Iririú - Beira-Rio.
  • Rua Padre Antônio Vieira acesso bloqueado pela rotatória
  • Desvios: veja imagem abaixo:

    terça-feira, 27 de novembro de 2012

    Ecopontos nos bairros

    Programa Óleo e Água não se Misturam
    
    Esta marca identifica as bombonas
    Saiba quais bairros possuem ecopontos e o local onde as bombonas estão:

    * Se seu bairro não está listado, você pode fazer o descarte colocando a garrafa PET cheia de óleo ao lado do seu lixo reciclável nos dias de coleta seletiva. Para conhecer os roteiros dos caminhões, clique aqui).

    
    
    
    Use garrafas plásticas(PET)
     para guardar o óleo usado
     ADHEMAR GARCIA
    Secretaria Regional do Fátima

    ANITA GARIBALDI
    Secretaria Regional do Centro
    Escola Municipal Anita Garibaldi - Rua Independência, 965

    AVENTUREIRO
    Secretaria Regional do Aventureiro
    Escola Municipal Eladir Skibinski
    Associação de Moradores Castelo Branco
    Escola Estadual João Rocha
    BOA VISTA
    Secretaria Regional do Boa Vista
    Policlínica do Comasa
    Igreja Matriz
    Comunidade Santa Luzia
    
    SOCIESC
    Comunidade Jesus Misericordioso
    Delegacia da Polícia Federal de Joinville


    BOEHMERWALD
    
    
    A gordura vira crostas que entopem
    as tubulações de esgoto
     
    Secretaria Regional do Boehmerwald
    Abrigo Infanto Juvenil

    BUCAREIN
    SESI - Serviço Social da Indústria
    CEI Aquarela
    Colégio Estadual Rui Barbosa

    BOM RETIRO
    UNIVILLE
    Escola Estadual Plácido Olímpio de Oliveira

    CENTRO
    Prefeitura Municipal de Joinville
    Secretaria da Educação
    Companhia Águas de Joinville
    Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville
    Mercado Municipal de Joinville

    
    Use o funil para facilitar o armazenamento
     COMASA
     FUNDAMAS - Escola Textil
     Secretaria Regional do Comasa

     COSTA E SILVA
     Secretaria Regional do Costa e Silva
     Auto Posto Iperville - Rua Guilherme, 1350

     ESPINHEIROS
     Posto de Saúde da Ilha

     FÁTIMA
    Escola Municipal Geraldo Wetzel

    FLORESTA
    Grupo de Idosos - Secr. do Bem Estar Social
    Associação de Moradores São Fco de Assis
    Gidion I

    GLÓRIA
    Companhia Águas de Joinville
    CAT – Pórtico

    IRIRIÚ
    Secretaria Regional do Iririú
    Centro Social Urbano do Iririú
    ITAUM
    Secretaria Regional do Itaum
    FUNDAMAS – CESITA

     

    JARDIM IRIRIÚ
    Escola Estadual Georg Keller


    JARDIM PARAÍSO
    CRAS Jardim Paraíso
    Secretaria Regional Jardim Paraíso - Estrada Timbé, 6990
     
    JARIVATUBA
    Gidion II

    JOÃO COSTA
    Escola Municipal Saul Sant'ana

    NOVA BRASÍLIA
    Secretaria Regional do Nova Brasília

    PARANAGUAMIRIM
     Secretaria Regional Paranaguamirim

    
    São bombonas assim que recolhem
    as garrafas com óleo usado
    PETRÓPOLIS
    Engepasa Ambiental

    PIRABEIRABA
    Secretaria Regional de Pirabeiraba
    CAT - Casa Krüger

    SAGUAÇÚ
    Secretaria de Infra-Estrutra Urbana
    Colégio Machado de Assis

    SANTA CATARINA
    Doca Padaria
    Mercado do Doca





    SANTO ANTÔNIO
    Escola Estadual Giovani Pasquali Faraco - Rua Dona Francisca, 4957
    Posto Souza -Rua Dona Francisca, 4725

    VILA NOVA
    Secretaria Regional do Vila Nova - Rua São Bras, s/n
    Posto de Combustível Piraí - Rua XV de Novembro, 5031 - Vila Nova



                                             Patrocínio
    
    
    

    Clique no link abaixo e conheça o roteiro da coleta seletiva:

    sexta-feira, 23 de novembro de 2012

    Interdição de vias para obras neste fim de semana

    A Rua João Dietrich (entre as ruas Prof Schutzler e Ruy Barbosa) terá o trânsito interditado para realização de obras de esgotamento sanitário. Em caso de chuva, os trabalhos serão adiados.

    24/11/2012 (sábado) | das 7 às 22 horas



    Rua Piratuba ficará interditada totalmente entre as Ruas Iririú e Antônio Haritsh. Os desvios deverão ser feitos pelas Ruas Brasil e Inconfidentes, conforme mapa.

    24/11 (sábado) – das 14h às 22h
    25/11 (domingo) – das 7h às 22h
             

    quinta-feira, 22 de novembro de 2012

    Companhia Águas de Joinville busca, em Brasília, recursos para obras de saneamento

    Reunião com técnicos do Ministério das Cidades foi nesta segunda (19/11)
    
    Projeto de construção da nova ETE Jarivatuba,
    orçada em R$ 48,6 milhões: recurso pleiteado em Brasília

    O diretor de Expansão e Novos Negócios da Águas de Joinville, Alberto Jorge Francisco, o engenheiro Felipe Vieira de Luca, gerente de Projetos de engenharia e Gestão ambiental, juntamente com o secretário Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão Adelir Stolf, estiveram em Brasília com o objetivo de pleitear recursos para três projetos na área de saneamento básico: a nova ETE Jarivatuba, a implantação de rede de esgoto na zona sul e a ampliação da ETA Cubatão. As três obras somam mais de R$ 150 milhões.

    Foram feitas duas reuniões para apresentar os dados dos projetos e informar a situação da documentação necessária a técnicos da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental (SNSA), vinculada ao Ministério das Cidades. Os projetos foram inscritos para obtenção de verba, a fundo perdido, do Orçamento Geral da União (OGU). O resultado será divulgado dia 15/12. “Eles demonstraram satisfação com o que apresentamos”, afirmou o diretor Alberto Jorge Francisco.

    Para a construção da nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Jarivatuba foram pleiteados R$ 48,6 milhões. A estação, uma vez em funcionamento, permitirá desativar a atual ETE, que opera com sistema de lagoas de estabilização. “O sistema da nova ETE será mais moderno, sem emissão de odores para a comunidade que vive no entorno. A capacidade de tratamento será ampliada, de 200 litros por segundo para 600 litros por segundo”, informou o engenheiro Felipe de Luca. A obra beneficiará 195 mil pessoas que moram em 18 bairros da área central e zona sul de Joinville.

    Já a ampliação da Estação de Tratamento de Água (ETA) Cubatão – cuja primeira fase está sendo concluída com a construção de uma Estação de Tratamento de Lodo (ETL), com recursos próprios – foi orçada em R$ 24,4 milhões e vai atingir 390 mil pessoas. Com o crescimento na demanda de água, devido ao aumento populacional, é necessário dobrar a capacidade de tratamento da estação com a aquisição de mais uma bateria de 14 filtros e um conjunto de floco-decantador (equipamento que aglutina partículas suspensas na água e que, depois, vão ao fundo pela ação da gravidade). Com a ampliação da ETA, a demanda atual do município será suprida e ainda vai garantir folga para os próximos 20 anos.

    Vinte mil famílias serão beneficiadas com a implantação da rede de esgotamento sanitário da zona sul, nas bacias 8.1 e 9 – regiões com grande concentração demográfica onde estão os bairros Guanabara, Fátima, Jarivatuba, Itaum, Petrópolis, João Costa, Parque Guarani, Boehmerwald, Itinga e Santa Catarina. Com a obra implantada, a cobertura de coleta de esgoto no município aumenta em 10%. Serão cerca de 200km de rede, com orçamento de R$ 78,2 milhões.  “Com esse recurso vamos avançar mais rapidamente com as obras, tendo sempre como objetivo a universalização da cobertura de esgotamento sanitário em Joinville”, define Felipe de Luca.

    quarta-feira, 21 de novembro de 2012

    ETE Espinheiros é entregue à cidade

    
    Eduardo Dalbosco, Ingo Butzke, Alberto Jorge Francisco, Luiz Alberto de Souza, Celso Strobel
    e Márcio Ravadelli descerram a placa inaugural. Fotos: Bruno Isidoro Pereira
    
    Foi inaugurada ontem (20/11) a estação de tratamento de esgoto (ETE) Espinheiros, obra que beneficiará os 8 mil moradores do bairro e teve cerca de R$ 10 milhões de investimento. Estiveram presentes na cerimônia o vice-prefeito Ingo Butzke, o presidente do Conselho de Administração da Águas de Joinville Eduardo Dalbosco, o presidente da Companhia Luiz Alberto de Souza, o gerente regional da Caixa Econômica Federal Celso Strobel, entre outras autoridades. O prefeito Carlito Merss não pode comparecer pois estava em Brasília para um encontro da Frente Nacional dos Prefeitos, entidade da qual é vice-presidente, mas deixou uma mensagem gravada reforçando seu trabalho pela ampliação da rede de esgoto na cidade. “A Ilha dos Espinheiros, com essa estação, será um modelo para Joinville”.

    “A ETE já está em operação, e os moradores do bairro já podem fazer suas ligações à rede de esgoto”, afirmou Luiz Alberto de Souza. O vice-prefeito Ingo Butzke lembrou a quantidade de obras de esgoto por toda a cidade. “O trabalho continua, tendo sempre a universalização como meta”, disse. Alberto Jorge Francisco, diretor de expansão e novos negócios da Águas de Joinville, agradeceu o trabalho de todos os colaboradores, e ressaltou que a estação “é uma obra feita a várias mãos”.


    Rudi & Willy passaram uma mensagem de consciência ambiental
    com muito humor
    A dupla de humoristas Pedro e Felipe Elizio, pai e filho na vida real e mais conhecidos como os personagens “Rudi & Willy”, também participaram do evento. A peça que apresentaram, “Rudi, Willy e Escaminha no mundo da água limpa”, é um projeto contemplado no edital de patrocínio da Águas de Joinville, que leva a alunos das escolas municipais, de bairros que receberam e estão recebendo obras de implantação do esgotamento sanitário, a mensagem sobre a consciência ambiental e a importância das obras de expansão da rede de esgoto em Joinville.
     
     
    Alunos da E. M. Maria Regina Leal que participam do “Mapa Perceptivo”,
    projeto educativo idealizado pela Águas de Joinville
    Também estiveram presentes os alunos da Escola Municipal Maria Regina Leal que participam do “Mapa Perceptivo”, projeto educativo idealizado pela Águas de Joinville. Em encontros semanais, às terças, no contraturno da escola, crianças de 9 a 11 anos aprendem lições importantes sobre saneamento básico. Quatro mapas da cidade são desenvolvidos com as crianças: mapa rural, urbano, obras e estágio futuro. “Não sabia nada sobre o assunto, gostei e aprendi muito” afirma Bianca Dalmazo, de 12 anos, participante do projeto.

    segunda-feira, 19 de novembro de 2012

    ETE Espinheiros é inaugurada amanhã (20/11)

    A nova estação de tratamento de esgoto (ETE) será uma das mais modernas de Santa Catarina


    Joinville agora tem mais saúde. Com a inauguração da ETE Espinheiros, no próximo dia 20/11 (terça), o esgoto do bairro – que hoje é lançado nos rios e manguezais da região –, será 100% tratado. A entrada em operação da nova ETE vai trazer mais qualidade de vida às pessoas, além de melhora da água e dos frutos do mar característicos do local.

    Com investimento total de aproximadamente R$ 10 milhões e capacidade para atender mais de 10 mil pessoas, a nova (ETE), graças a seu sistema fechado, não apresentará mau cheiro quando em pleno funcionamento. “O sistema da ETE Espinheiros não exala odor, mas precisa de uma carga mínima para funcionar plenamente. Por isso, é recomendável que as ligações das casas à rede sejam feitas o mais rápido possível, para que essa carga mínima seja atingida o quanto antes”, alerta o engenheiro Michel Bitencourt, coordenador de fiscalização de obras da Companhia Águas de Joinville.

    Funcionários da Águas de Joinville contarão com a tecnologia para operar a estação de forma ainda mais eficiente. “O monitoramento remoto e equalizador farão da ETE Espinheiros a estação mais automatizada de Joinville, e uma das mais modernas do estado”, revela a bióloga da Águas de Joinville Cláudia Rocha.

    O monitoramento remoto (telemetria) permite não apenas acompanhar como realizar alguns acionamentos a distância. Dois pontos de telemetria serão instalados: um na própria ETE e outro na centro administrativo da Companhia. Três programas de computador (softwares) fazem parte do sistema supervisório que monitora e controla o acionamento físico das bombas e motores, o gerenciamento da vazão e dos níveis de aeração (entre outros parâmetros analisados) e o de interface.

    Comandos pré-definidos serão enviados aos equipamentos da ETE, possibilitando o funcionamento da estação sem a intervenção contínua de operadores. “Também será possível a visualização do status de todas as etapas do processo numa tela de computador, favorecendo a detecção imediata de algum desvio operacional”, informa a engenheira sanitarista Janine Smânia Alano, responsável pela área de projetos de ETEs.

    O equalizador, um equipamento que possui tecnologia para manter a concentração de matéria orgânica e vazão constantes, proporcionará estabilidade e controle de todo o processo. A ETE Espinheiros também terá uma Estação de Tratamento de Lodo (ETL) própria, que permitirá que o excesso de lodo, resultante do tratamento, seja corretamente descartado em aterro.

    Hoje, a Companhia Águas de Joinville investe mais de R$ 300 milhões em melhorias nos serviços de saneamento básico da cidade, tanto na implantação de rede de esgoto como em melhorias na distribuição de água.

    Inauguração da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Espinheiros:
    Quando: 20/11/2012 - terça-feira
    Horário: 10h
    Onde: final da Rua Francisco R. Miranda – bairro Espinheiros / lateral da Rua. Pref. Baltazar Buschle

    Investimento: Cerca de R$ 10 milhões.
    População beneficiada: aproximadamente 8.000 pessoas.
    Rede de esgoto: 32,3 km, com 12 estações elevatórias (locais onde se faz o bombeamento do esgoto)
    Vazão: 21 litros por segundo

    Confira as fases do tratamento de esgoto da ETE Espinheiros

    1) Tratamento preliminar ou primário – gradeamento / caixa de areia / caixas de gordura. Resíduos sólidos, areia e boa parte da gordura ficam retidos nessa fase.

    2) Equalizador – A concentração de matéria orgânica e vazão se mantêm estáveis.

    3) Reator UASB (Reator Anaeróbio de Manta de Lodo) – Degrada a matéria orgânica gerando como subproduto gás. Cada reator terá um queimador de gás, para evitar a dispersão de mau cheiro.

    4) Tanque de aeração – sistema de Lodos Ativados SBR (Reator Sequencial em Batelada) – Nessa etapa há 2 tanques. Os processos de aeração e decantação ocorrem no mesmo tanque, com ciclos de operação controlados por um CLP (Controlador Lógico Programável) que faz o acionamento dos aeradores, além da abertura e fechamento das válvulas.

    5) Desidratação de lodo – A ETE contará com uma pequena Estação de Tratamento de Lodo (ETL). O lodo segue para um contêiner denominado Skid para ser desidratado por meio de um sistema de flotação. Depois vai para uma centrífuga e, na sequência, é encaminhado para o aterro sanitário.

    6) Tanque de contato – Fase de desinfecção, feita com hipoclorito de sódio. Depois, o líquido é bombeado por meio de uma estação elevatória e levado até o corpo receptor.

    quinta-feira, 15 de novembro de 2012

    Águas de Joinville recebe Prêmio Ser Humano SC 2012

    A Companhia Águas de Joinville foi vencedora no Prêmio “Ser Humano SC 2012”, promovido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), conquistando troféus na categoria de Gestão de Pessoas e Trabalhos Acadêmicos.

    O case “Gestão de Pessoas vai até você”, realizado pelo setor da Companhia, e o “Índice de Qualidade de Vida no Trabalho na Companhia  Águas de Joinville em 2011”, trabalho acadêmico de pós-graduação da assistente social Adriana Santos, foram os contemplados deste ano.

    A cerimônia de entrega da quinta edição do prêmio foi realizada na sexta-feira passada, dia 9, na sede da Associação Catarinense de Medicina, em Florianópolis.

    “Gestão de Pessoas vai até você”
    
    A equipe de Gestão de Pessoas da Águas
    de Joinville representada por Tânia Correa, Adriana Loth,
    Antonio Carlos Compiani Neto e Adriana Santos
    Desde 2010, com a implantação do programa PPR (Participação por Resultados), são realizadas enquetes trimestrais de forma aleatória e anônima, junto aos colaboradores da empresa, a fim de medir o índice de satisfação em relação aos serviços prestados pela área de Gestão de Pessoas. Um dos pontos observados foi a diferença na avaliação dos funcionários do Centro Administrativo e das outras unidades da Companhia. Notou-se que a presença física dos funcionários era um diferencial que precisava ser implantado nas unidades distantes do setor Gestão de Pessoas.

    Assim nasceu o projeto “Gestão de Pessoas vai até você”, com o propósito de promover a escuta ativa dos colaboradores da empresa, principalmente aqueles que trabalham nas unidades mais distantes do Centro Administrativo e em horários de trabalho diferentes do horário comercial.

    Implantado em 2010, o programa consiste em visitas dos profissionais da área de Gestão de Pessoas aos colaboradores que atuam nas unidades distantes do Centro Administrativo, em todos os turnos de trabalho. No mínimo uma vez a cada mês, a equipe vai munida de formulário específico para anotar as dúvidas/questionamentos cujas respostas não podiam ser dadas de imediato.

    O resultado deste programa é observado de forma tangível – por meio dos indicadores que mensuram a satisfação dos colaboradores em relação aos serviços prestados pela área de Gestão de Pessoas –, bem como de forma intangível, pelo depoimento cotidiano daqueles que se beneficiam do programa. Os depoimentos revelam entusiasmo por se saber que a empresa, representada pela área de Gestão de Pessoas, está disposta a aproximar-se cada vez mais dos seus colaboradores, ouvindo-os, auxiliando na resolução de problemas cotidianos e acatando suas boas ideias. 

    “Esse projeto melhorou muito a comunicação interna”, aponta Adriana Loth. Nas visitas, havia dúvidas que muitas vezes os funcionários não sabiam responder. Elas são anotadas e discutidas no setor, para que haja uma resposta universal.  “Um ponto bom é que os representantes do setor fazem rodízio nas visitas. Assim, quem trabalha na ETA Cubatão, por exemplo, consegue conhecer todos os funcionários do setor Gestão de Pessoas.”

    “Índice de Qualidade de Vida no Trabalho na Companhia  Águas de Joinville em 2011”

    Cerimônia de entrega do Prêmio Ser Humano 2012
    A assistente social Adriana Santos foi premiada na categoria “Trabalho Acadêmico” por sua monografia de pós-graduação intitulada “Índice de Qualidade de Vida no Trabalho na Companhia  Águas de Joinville em 2011”.  Além de identificar o índice, o projeto teve como objetivo avaliar a eficácia das ações já implementadas, determinar os fatores que influenciam a Qualidade de Vida no Trabalho na Companhia e propor à organização sugestões de melhorias para tratar as questões levantadas.

    Uma pesquisa quantitativa e qualitativa foi aplicada a 70 funcionários. Foram 27 perguntas fechadas e duas questões abertas, abordando fatores como a integração de pessoas e equipes, e a flexibilidade e adaptabilidade a demandas externas. Os resultados apontaram que a maioria não tinha certeza da presença das características (inseridas em cada questão) na Companhia, ficando as médias entre 2,9 e 3,85 (que representa a resposta “nem concordo nem discordo” de uma escala que vai até 5).

    Porém, os comentários obtidos nas duas questões abertas foram significativos para compreender as médias: eles demonstraram que os colaboradores percebem um ambiente de trabalho agradável, alegre e acolhedor, em que os colegas se respeitam e se ajudam. Mas também sugerem melhorias, principalmente quanto à integração e comunicação entre setores, à flexibilidade em políticas e procedimentos.

    “Com esse trabalho, eu percebi que precisamos reforçar mais as campanhas de comunicação interna. Nas respostas, muitos se lembraram de ações do setor como plano de saúde e laboral, esquecendo de eventos como o Dia do Trabalhador e a Visita dos Funcionários à Companhia. Eu considero esses eventos fundamentais para a qualidade de vida no trabalho”, ressalta Adriana.

    Sobre o Prêmio “Ser Humano SC 2012”


    O prêmio “Ser Humano SC” tem como propósito reconhecer as empresas e profissionais que desenvolvem projetos e programas para agregar valor à gestão das pessoas, estimulando o desenvolvimento humano e das organizações.

    São três categorias: cases em Gestão de Pessoas, Projetos Socioambientais e Trabalhos Acadêmicos (de estudantes em pós-graduação, mestrado ou doutorado que estejam aplicando suas pesquisas em empresas públicas ou privadas). Os cases inscritos são avaliados por um comitê especializado, composto por representantes do meio acadêmico, empresarial e entidades de classe, conforme critérios de apresentação, aplicabilidade, inovação, conteúdo e resultados. Neste ano, a associação recebeu 57 inscrições, um aumento de 67% em comparação com 2011, quando 34 empresas participaram.

    É a terceira vez que a Águas de Joinville recebe este prêmio. Em 2010, a dissertação de Mestrado em Gestão de Políticas Públicas da coordenadora de Desenvolvimento Humano e Qualidade de Vida, Adriana Falcão Loth, intitulada “Avaliação do comprometimento dos trabalhadores da Companhia com a política de saneamento básico”, foi o trabalho acadêmico premiado. Ano passado o case “CCQ em Empresa Pública: O uso do CCQ como ferramenta de promoção da participação e do reconhecimento de funcionários na Companhia”, trabalho do assessor de Planejamento e Gestão da Qualidade, Thiago Zschornack, foi o vencedor da categoria Gestão de Pessoas.

    quarta-feira, 14 de novembro de 2012

    Interdição de vias para obras neste feriadão

    Durante este feriado e final de semana, as vias abaixo terão o trânsito interditado para realização de obras de esgotamento sanitário. Em caso de chuva, os trabalhos serão adiados.

    Rua Dr. João Colin (entre as ruas Alvarenga Peixoto e Pres. Prudente de Moraes)
    15/11/2012 (Quinta-feira/ feriado) | das 7 às 22 horas
    17 e 18/11/2012 (sábado e domingo) | das 7 às 22 horas
    Desvios: veja imagem abaixo:




    Rua Clodoaldo Gomes (entre a Rua Rui Barbosa e a Rod. Edgar Meister)
    17 e 18/11/2012 (sábado e domingo) | das 7 às 22 horas

    Trânsito:
    Bloqueio total no cruzamento da Rua Clodoaldo Gomes com rod. Edgar Meister
    Acesso liberado pela rua Rui Barbosa.





    Joinville está à frente de mais de 70% das cidades do país

    Com plano municipal de saneamento, Joinville está entre as poucas cidades que cumprem lei federal

    Cidades sem regulação e fiscalização - IBGE

    Apenas 28,2% dos municípios brasileiros possuem Plano Municipal de Saneamento Básico, e Joinville é um deles. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados nesta terça-feira (13), revelam que 3.995 municípios brasileiros (71,8%) não possuíam uma política municipal de saneamento básico em 2011.

    Mesmo considerando apenas o sul, que é a região que mais se preocupa com o assunto no país, a maioria das cidades (63,8%) não possui nenhuma norma de regulação relacionada ao saneamento básico. E em 30% delas não existe órgão responsável pela fiscalização da água – que é o papel da Agência Municipal de Regulação dos Serviços de Água e Esgotos de Joinville (AMAE).

    O Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) - Componentes Água e Esgoto de Joinville, finalizado em 2011, é um diagnóstico do cenário existente e um planejamento de ações para garantir o abastecimento de água e coleta e tratamento de esgoto da cidade. Trata-se de um estudo com 1.650 páginas, fruto de quase dois anos de trabalho realizado por uma equipe de mais de 40 especialistas.

    O Plano cumpre a lei federal 11.445, que dispõe sobre diretrizes nacionais para o saneamento básico, e determina que todas as cidades devem elaborar seus respectivos planos municipais. Também determina que as prefeituras devem estabelecer mecanismos de fiscalização quanto ao abastecimento de água, esgotamento sanitário, entre outros itens.

    terça-feira, 13 de novembro de 2012

    Serviço 0800 funcionará durante feriado

    No feriado comemorativo à Proclamação da República, 15 de novembro, o atendimento da Companhia Águas de Joinville permanecerá ativo por meio do 0800 723 0300.

    Pela central telefônica, que está disponível 24h, pode-se  comunicar vazamentos e faltas d’água, além de se tirar dúvidas sobre leitura e faturamento. As ligações são gratuitas.

    Os atendentes dos postos presenciais entram em recesso nos dias 15 e 16/11. Na segunda-feira (19/11), o atendimento retorna ao expediente normal.

    Estudantes de Administração da UFSC visitam Companhia

    Área de Recursos Humanos da Companhia, referência no estado,
    foi alvo de estudo para alunos de Administração da UFSC

    Alunos do quarto ano do Curso de Administração da USFC vieram de Florianópolis para conhecer a área de Recursos Humanos da Águas de Joinville nesta segunda (12/11). “O objetivo é estudar o setor de RH de uma empresa de uma maneira prática, in loco”, explica Nicholas Lopes, um dos alunos visitantes.

    A pesquisa faz parte de um trabalho para a disciplina “Administração de Recursos Humanos II”, do 7º período do curso. Além de Nicholas, Edgar Santos, Gabriela Santos, Rafael Andrade e Felipe Boeing também fizeram parte do grupo. “Fomos muito bem recebidos aqui, mais do que esperávamos”, diz Gabriela.

    A psicóloga Adriana Loth, coordenadora de desenvolvimento humano e qualidade de vida da Companhia, apresentou a Águas de Joinville aos estudantes. Ela mostrou dados gerais da empresa, além das informações mais específicas do setor de gestão de pessoas. “Eles estavam muito interessados, fizeram muitas perguntas, e ficaram impressionados com o que conheceram”, afirma Adriana.

    O setor de RH da Águas de Joinville é considerado referência em Santa Catarina, e foi recentemente premiado na 5ª edição do Prêmio Ser Humano 2012, concorrendo com diversas empresas privadas. O Prêmio, promovido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-SC), tem como objetivo divulgar e reconhecer as melhores práticas do estado na área de gestão de pessoas.

    segunda-feira, 12 de novembro de 2012

    sexta-feira, 9 de novembro de 2012

    Turbidez faz com que ETAs Cubatão e Piraí operem com capacidade reduzida

    
    Fortes chuvas elevaram turbidez do rio Cubatão e afetaram produção de água na ETA
    
    As duas estações de tratamento de água (ETAs) da cidade, Cubatão e Piraí, estão operando hoje (09/11) com capacidade menor que a usual devido às fortes chuvas. A quantidade de sedimentos (areia, folhas, galhos) aumentou muito, elevando a turbidez dos rios Cubatão e Piraí. Portanto, a limpeza dos filtros nas ETAs deve ser feita com mais frequência, diminuindo o ritmo de produção de água tratada.

    Nesta sexta-feira, a turbidez da água do Rio Cubatão chegou a cerca de 1000 NTU - quando o normal em dias sem chuva é até 10 unidades.

    A Companhia Águas de Joinville agradece a compreensão de todos, reforça a importância do consumo responsável e a importância da existência de reservação própria (caixa d’água). Mais informações pelo 0800 723 0300.
     
    Saiba o que é turbidez: Trata-se de uma característica física, medida em unidades (Unidades Nefelométricas de Turbidez - NTU), que indica a quantidade de substâncias em suspensão na água.

    A turbidez no rio prejudica a qualidade da água que eu bebo? A turbidez elevada no rio não prejudica a qualidade da água fornecida pela Companhia, que segue os padrões definidos pelo Ministério da Saúde e regulamentados pela Anvisa. Por isso, quando a turbidez no rio está elevada, a produção de água é mais lenta justamente para garantir que a água fornecida continue dentro dos padrões de potabilidade exigidos.

    Veja os vídeos

    Cubatão
     


    Piraí


    quinta-feira, 8 de novembro de 2012

    Joinville ganha sua mais moderna estação de tratamento de esgoto

    Nova ETE Espinheiros entra em operação dia 20


    Mais um passo no avanço do tratamento de esgoto de Joinville, e consequentemente na qualidade de vida de toda a cidade, será dado com a inauguração da ETE Espinheiros. A Estação de Tratamento, somada à implantação da rede de esgoto, tem investimento de cerca de R$ 10 milhões, e capacidade para atender mais de 10 mil pessoas. A cerimônia está marcada para o dia 20/11 (terça).

    O tratamento de esgoto beneficia diretamente a população que vive às margens da Baía da Babitonga e Lagoa do Saguaçu. “A Estação vai atender todo o bairro Espinheiros, que hoje tem aproximadamente 8 mil moradores, com possibilidade de ampliação para atender uma população de mais de 13,5 mil”, diz Grasiela Breis, coordenadora das estações de tratamento de esgoto da Companhia Águas de Joinville. “A ETE Espinheiros vai ajudar a melhorar a paisagem da Lagoa do Saguaçu e também a vida da comunidade de pescadores do local”, aponta Luiz Alberto de Souza, presidente da Companhia.

    A nova ETE, diferentemente das lagoas de estabilização utilizadas no atual sistema do Jarivatuba, terá sistema fechado. Além de monitoramento com acesso remoto, possui tecnologia para manter a concentração de matéria orgânica e vazão constantes, graças à presença de um equalizador. Esta estabilidade permite maior controle de todo o processo.

    “O monitoramento remoto e o equalizador farão da ETE Espinheiros a estação mais automatizada de Joinville, e uma das mais modernas do estado”, revela a bióloga da Águas de Joinville Cláudia Rocha. A ETE Espinheiros também terá uma Estação de Tratamento de Lodo (ETL) própria, que permitirá que o excesso de lodo, resultante do tratamento, seja devidamente descartado em aterro.

    Agentes socioambientais da Companhia, por meio de visitas e folders explicativos, já informaram os moradores do bairro sobre como ligar corretamente o esgoto doméstico à rede, e sobre os cuidados para não ligar a rede de drenagem ou de piscinas ao sistema. Agora os moradores começam a receber mais uma visita dos agentes, que estão avisando que as ligações à rede de esgoto já podem ser feitas.

    Embora o prazo para a interligação à rede seja de 120 dias, contados a partir da data do aviso, a Companhia Águas de Joinville recomenda que as ligações sejam feitas o quanto antes. Segundo o engenheiro Michel Bitencourt, coordenador de fiscalização de obras da Companhia, a ETE não apresenta odor, desde que haja uma carga mínima para funcionar plenamente. “Quanto mais cedo os moradores se ligarem à rede, mais cedo essa carga mínima será atingida”, afirma.

    Hoje, a Companhia Águas de Joinville investe mais de R$ 300 milhões em melhorias nos serviços de saneamento básico da cidade, tanto na implantação de rede de esgoto como em melhorias na distribuição de água.

    Inauguração da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) ESPINHEIROS:
    Quando: 20/11/2012 -  terça-feira
    Horário: 10h
    Onde: final da Rua Francisco R. Miranda – bairro Espinheiros / lateral da Rua. Pref. Baltazar Buschle

    Investimento: Cerca de R$ 10 milhões.
    População beneficiada: aproximadamente 8.000 pessoas.
    Rede de esgoto: 32,3 km, com 12 estações elevatórias (locais onde se faz o bombeamento do esgoto)
    Vazão: 21 litros por segundo

    quinta-feira, 1 de novembro de 2012

    Rua Anita Garibaldi interditada para obras

    Devido a obras de saneamento, a Companhia Águas de Joinville realizará interdição na Rua Anita Garibaldi, no trecho entre as ruas Max Heiden e Independência. A interdição ocorrerá até o dia 04/11 (domingo), das 7h às 17h.

    Confira os pontos de bloqueio total da pista e seus respectivos desvios:
    - Rua Anita Garibaldi com a Rua Independência, sentido BR-101 - Centro (haverá placa de desvio à esquerda);
    - Rua Anita Garibaldi com Rua Max Heiden (haverá placa de desvio à direita).

    Serviço 0800 da Águas de Joinville funciona normalmente no feriado de Finados

    No feriado de Finados (dia 02/11, sexta-feira), solicitações de urgência poderão ser feitas pelo 0800 723 0300, central que atenderá normalmente, todos os dias 24h.
    Os postos de atendimento presenciais da Companhia Águas de Joinville estarão em recesso nesse período. As unidades de atendimento retomam suas atividades a partir de segunda-feira (05/11).

    Serviços que podem ser solicitados pelo 0800 723 0300:
    • Informações de fatura
    • Reparos de vazamento na rua
    • Conserto de ramal e cavalete
    • Esclarecimentos em geral